30 de dez de 2012

SINTO MUITO, ME PERDOE, SOU GRATA, TE AMO!





Uma pessoa te decepciona, te causa dano, te ofende, te trai. 
Então você, movido pela decepção e raiva, promete que retribuirá o dano 
com desprezo, com rejeição, 
que não mais tratará a pessoa com a mesma dedicação que tinha antes.

O tempo passa e você esquece aquilo, e todo o poder da ofensa perde a força sobre sua vida. 
E você volta a agir com o mesmo amor de antes.
Este é um sinal de que algo divino existe em você.

Veja só: 
Deus prometeu amaldiçoar a terra por causa da maldade do homem, que o cultivo seria difícil, com muito esforço, que haveria cardos e espinhos (Gênesis 3:17-19).

Logo em seguida, ele, movido por misericórdia e compaixão, diz que "enquanto durar a Terra, não deixará de haver sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite" (Gênesis 8:22), ou seja ele estava aliviando o sofrimento do homem, dando a chuva, contribuindo na lavoura, facilitando a vida para a humanidade.

Vamos dar lugar ao divino em nós, pois o perdão é a atitude mais nobre que um ser humano pode expressar. 
Não existe nada pior que  indiferença,  rancor,  fingimento, desunião,  separação,  inimizade,
o ódio ao ex-amigo, ao semelhante - tudo isto é evitado por um coração perdoador. 

Perdoe, liberte-se, e seja feliz!

Com carinho,
Lecir Marques

5 de dez de 2012

Over the rainbow (According to Keith jarrett"s version)





Certa vez
Eu ouvi alguém contar
Que no além sob o arco-íris
Há um lugar onde o céu
Sempre azul, nos faz sonhar;
Onde a gente consegue um sonho realizar.
Por isso quando a chuva
Tamborila na vidraça da janela
Eu olho o arco-íris
A brilhar na região tão bela
Onde o céu
Sempre azul, nos faz sonhar;
Onde a gente consegue um sonho realizar.




Q
ue linda interpretação do meu amigo Mauro Paulo!